Samsung The Wall Luxury: 292” e 8K

The Wall Luxury, a nova televisão da gama The Wall da Samsung foi apresentada. Com uma espessura de apenas 30mm e umas incríveis 292” com resolução 8K.

A The Wall Luxury tem uma tela Micro LED, ou seja LED´s individuais que cada uma imite a sua própria luz, isto resulta em pretos mais pretos visto que os LED´s nem sequer estão ligados. Esta tecnologia proporciona uma experiência de visualização mais imersiva. A juntar a isto ainda temos a tecnologia Quantum HDR, uma taxa de atualização de 120Hz e 2.000nits de brilho. 

A Samsung criou esta TV para estar continuamente ligada, seja a passar fotografias ou videos ou a veres as tuas séries, para isso a tecnologia do ecrã permite aguentar 100.000 horas de reprodução continua.

Uma televisão perfeita com especificações mais do que topo sem concorrente direto. Vai começar a ser vendida em julho e o seu preço deve ultrapassar os 100.000€

Anúncios

Design traseiro do Pixel 4 revelado!

A Google não é propriamente a marca que se esforça por manter total secretismo sobre os seus dispositivos e utilizou o Twitter para apresentar a traseira do Pixel 4. Este design quadrado é semelhante aos rumores do do iPhone XI. 

Ainda com esta imagem podemos ver duas câmaras e ainda um sensor, que deverá ser capaz de registar informações imperceptíveis ao olho humano como raio-x, infravermelho ou ultravioleta. Esta é mais uma informação a juntar às poucas que nós temos, como o Pixel virá equipado com o Snapdragon 855, terá 8GB de RAM e o Android Q.

A nova XBox chega no final de 2020

Na conferência da Microsoft na E3 2019, a empresa americana revelou mais alguns promenores sobre o projeto Scarlett, que será 4x mais potente que a XBox One S, esta que já tem uma potência de 6 tereflops (ou seja é capaz de realizar 6 triliões de operações por segundo).

A próxima consola virá com um novo processador, que está a ser desenvolvido baseando-se nas gráficas Navi da AMD e nos processadores Ryzen. Este processador proporcionará 120 frames procurador segundo e suportará resoluções até 8K (com taxas de atualização variáveis). Graças à tecnologia ray tracing, o Projeto Scarlett terá ambientes muito mais realistas e a transição entre cenários será feita de forma mais suave.

Tal como a PS5 a próxima XBox irá usar discos SSD, ou seja maior velocidade de leitura e escrita, logo maior performance. A nova XBox será apresentada antes do Natal do próximo ano.

Google Stadia: especificações reveladas

A Google revelou esta semana mais algumas novidades do seu serviço gaming, pronto para competir com a PlayStation e com a XBox.

Neste serviço não precisas de hardware, os jogos podem ser jogados no smartphone, PC, tablet ou TV (através do Chromecast), podes deixar o jogo a meio no smartphone e continuá-lo no computador, não precisas de ter um bom hardware (jogas através da Cloud), não precisas de comando (apesar de o teres), podes jogar com qualquer acessório compatível (que será em breve anunciado), jogas a 4K a 60fps e necessitas de uma velocidade minima de 5Mbps de internet. O serviço custa 9,99€ por mês e se quiseres adquirir o comando tens que pagar mais 69€.

Os jogos disponíveis são: 

  • Bethesda – DOOM Eternal, DOOM 2016, Rage 2, The Elder Scrolls Online, Wolfenstein: Youngblood
  • Bandai Namco – Dragon Ball Xenoverse 2
  • Bungie – Destiny 2
  • Capcom – TBD
  • Coatsink – Get Packed (Stadia exclusive)
  • Codemasters – GRID
  • Deep Silver – Metro Exodus
  • Drool – Thumper
  • Electronic Arts – TBD
  • Giants Software – Farming Simulator 19
  • Larian Studios – Baldur’s Gate 3
  • nWay Games – Power Rangers: Battle for the Grid
  • Rockstar Games – TBD
  • Sega – Football Manager
  • SNK – Samurai Shodown
  • Square Enix – Final Fantasy XV, Tomb Raider Definitive Edition, Rise of the Tomb Raider, Shadow of the Tomb Raider
  • 2K Games – NBA 2K, Borderlands 3
  • Tequila Works – Gylt (Stadia exclusive)
  • Warner Bros. – Mortal Kombat 11
  • THQ – Darksiders Genesis
  • Ubisoft – Assassin’s Creed Odyssey, Just Dance, Tom Clancy’s Ghost Recon Breakpoint, Tom Clancy’s The Division 2, Trials Rising, The Crew 2

Nos próximos tempos serão disponibilizados mais jogos. O Google Stadia estará disponível na Bélgica, Finlândia, Canadá, Dinamarca, França, Alemanha, Irlanda, Itália, Holanda, Espanha, Noruega, Suécia, Reino Unido, Estados Unidos e Portugal fica de fora.

Podes já adquirir o Stadia se te inscreveres no Founders Edition, por 129€, que te dá 3 meses de oferta, um comando Stadia e um Chromecast Ultra. 

O Surface com 2 ecrãs

Foi através de um evento eterno que a Microsoft apresentou o Surface com 2 ecrãs. Esta será a tentativa da empresa americana revolucionar o conceito de híbrido. Esta fuga não é propriamente nova, visto que a Microsoft está a trabalhar no projeto Centaurus à 2 anos. Este dispositivo deve ter o mesmo design do Microsoft Courier (que já tem 9 anos).  

A Microsoft nunca referiu oficialmente a existência deste produto, mas a sua apresentação aos colaboradores internos deixa pensar que estará para breve a apresentação oficial deste dispositivo que, em princípio, irá incorporar o Windows Lite (a versão mais leve do Windows que ainda está a ser desenvolvida pela Microsoft). 

WWDC 19

Ontem realizou-se em San José nos Estados Unidos a conferência que vai decidir o futuro do funcionamento dos dispositivos Apple e também algumas novidades ao nivel de hardware.

iOS 13

A principal novidade é claro o Dark Mode, uma moda nos dias de hoje. A Apple garantiu ainda que o Face ID será 30% mais rápido e as aplicações serão abertas 2x mais rápido. Também o teclado recebeu uma atualização (Quick Path).

A privacidade também foi um tema destaque, com três principais novidades: a partir de agora é possível fornecer dados de localização a uma aplicação apenas uma vez; podemos utilizar o recurso Sign in with Apple, ou seja poderás fazer login só com o Face ID sem a necessidade de criares uma conta e forneceres dados pessoais e finalmente as contas Apple poderão criar automaticamente endereços de e-mail únicos para cada aplicação em especifico, continuando todas as notificações a serem enviadas para o mail principal. 

Os Memojis foram melhorados e agora também conseguimos fazer stickers com os mesmos. A aplicação fotografias também recebeu melhorias significativas com mais opções de edição para fotografia e principalmente para video.

Os mapas também receberão uma atualização, mas, por enquanto, será só nos Estados Unidos, no final de 2019.

iPadOS

O ecrã principal recebeu uma mudança de visual, com um novo layout para mostrar mais aplicações e podemos agora ter o View na página principal para um mais fácil acesso aos widgets de tempo, calendário, etc.

O Apple Pencil também melhorou com esta atualização, parecendo mais fluido e natural, mais integrado nas funções correntes, o layout das ferramentas redesenhado e a sua latência desceu para os 9 milissegundos.

MacOS Catalina 

O novo MacOS tem agora mais proximidade com o iPad fazendo deste um ecrã secundário e a apresentação da aplicação oficial do Twitter, temos assim a trasnposição da aplicação do iOS para macOS, a Apple encorajou mais desenvolvedores a fazerem o mesmo. 

Outra novidade da WWDC foi a introdução de comandos de voz no macOS e no iOS (voice control), que apenas com um comando de voz podes realizar várias ações nos teus dispositivos.

Outra novidade do macOS Catalina é a divisão do iTunes nas aplicações música, podcasts e Apple TV. 

O novo MacOS permite-te saber ainda quando tempo passas em frente ao computador, trazendo a função do iOS.

WatchOS 6

O novo software para os smartwatch da Apple trás como principais novidades, App Store independente, aplicações independentes, novas Watch faces, novas aplicações (calculadora, gravador de voz e audiolivros) e medidor de ruídos.

Mac Pro e Pro Display XDR

O novo e tão ansiado Mac Pro foi apresentado ontem, com as seguintes especificações: processador Intel Xeon de até 28 núcleos; até 1.5TB de RAM; possibilidade de conectar duas gráficas Radeon Pro Vega 2; 8 slots PCI Express; 2 entradas USB-C, USB-A e Ethernet até 10GB. O novo Mac Pro chegará no outono com um preço de entrada de 5.999€ (Processador Xeon 8 núcleos, 32GB de RAM, 256GB de armazenamento e Gráfica Radeon Pro 580X).

O Pro Display XDR também foi apresentado e é o companheiro do Mac Pro. Possui um ecrã LCD Retina de 32”, com uma resolução 6K (6016 x 3384px) e uma camada anti refletora. Este monitor poderá correr a 1000 nits este número pode ainda ser aumentado para os 1600 nits. O preço será de 4.999€ e se quiseres a stand terás que tirar mais 999€ da carteira.

O conceito de portátil gaming visto pela Intel

A Intel mostrou na Computex 2019 o Honeycomb Glacier, um protótipo de um portátil gaming, com dois ecrãs Full HD (15,6” e 12,3”).

Este conceito tem notórias semelhanças com o Asus Zenbook Pro Duo, a única diferença é que o ecrã secundário deste pode levantar e ficar ao nível dos olhos.

Ele vem equipado com um processador Inter Core de 8 núcleos e uma gráfica GeForce 1060 da Nvidia. Um dos principais destaques deste portátil é a câmera Tobii, que te permite trocar de ecrã só com os olhos. Este protótipo é apenas a visão da Intel de como seria um computador gaming com 2 ecrãs e pode nunca chegar ao mercado mas pode influenciar outras marcas para que isso aconteça. 

Presidente da Huawei diz que a Apple é o seu professor!

Ren Zhengfei, fundador e presidente da Huawei deu uma entrevista a Bloomberg onde falou do panorama atual da marca chinesa e a atitude de Donald Trump. Ren referiu que se esta medida avançar que a Huawei tem capacidades para sobreviver, pois apenas metade das tecnologias que a Huawei usa são americanas e conseguirá facilmente cobrir isso.

O fundador da Huawei também falou em relação à China tomar a mesma decisão que Trump e banir a Apple. O mesmo disse que se isso acontecer ele será o primeiro a protestar: “Apple é a empresa tecnológica que lidera, se não houvesse a Apple não haveria internet móvel. Se não existe a Apple para nos mostrar o mundo, não conseguiríamos ver a beleza do mesmo. Apple é o meu professor. Está à nossa frente. Como um estudante, por que haverei de me opor ao meu professor? Nunca faria isso”

Isto são sem duvida palavras que o público tecnológico não esperava, apesar de Ren já se ter mostrado várias vezes fã do ecossistema da Apple.

Quando Ren foi questionado sobre o alegado caso de “roubo” de patentes ou tecnologias americanas ele respondeu que isso era impossível, pois a Huawei está sempre à frente dos E.U.A. e esse é o medo de Donald Trump